sábado, 23 de maio de 2009

Um dia todos seremos bissexuais.



Foi esta a frase que ouvi num programa de rádio da antena 1, “ O amor é …”. Questionamos desde sempre o porquê de existirem homossexuais, achamos que a homossexualidade não é normal, que os heterossexuais é que são normais, mas e se fosse o contrário e se a heterossexual idade é que não é normal.

Porque é que apenas tentamos explicar aquilo que não vai de encontro ao pré concebido.

Sou heterossexual, contudo defendo que a homossexualidade não é algo que se escolhe, mas sim algo que nasce connosco. A escolha, essa é feita quando um homossexual decide ser feliz ou não. A questão da felicidade passa por apresentar à sua família, ao seu círculo de amigos, à sociedade a sua escolha. Mas estamos nós preparados para isso?

Um dia todos seremos bissexuais! Dizem os profissionais que para analisarmos o futura basta-nos voltar ao passado, passado este que remonta até à Grécia antiga em que a bissexualidade era vista como algo normal, o normal que nós hoje apelidamos de heterossexualidade. Platão refere no seu “Simpósio” esses diferentes amores.

Se um dia seremos todos bissexuais, não sei, contudo é certo que temos dentro de nós a vontade de adorar os dois sexos, contudo vivemos reprimidos pela sociedade actual, poderá isto mudar?

2 comentários:

Mei disse...

;)
A heterossexualidade, tal como a monogamia são formas de organização social e cultural. Mais do que naturais, no sentido primordial do termo, são construções humanas de relacionamento.
Podemos ou não concordar ou viver de acordo com isso. Mas parece-me importante, a mim individualmente, viver de uma forma que seja consistente com o que me faz feliz. Compreendo no entanto, a necessidade de construir padrões e regras sociais. Mas lá está: tb existem para serem quebradas :)
Se o futuro da nossa evolução for esse, pelo menos o meu caminho será curtinho! :D LOL
Beijinhos.

Mei disse...

Já agora, obrigada pela tua passagem no nosso cantinho.
Beijinhos!