segunda-feira, 25 de maio de 2009

O eterno enamorado.



Costumo ouvir que as relações que vamos tendo ao longo da nossa curta longa metragem, isto é vida, permite-nos de alguma forma evoluirmos. Isto é, a pessoa com quem estão no momento de alguma forma poderá ajudar-vos a evoluir. E quando isso não acontece, será que foi uma perda de tempo?

Tive um relacionamento de vários anos, diria que na sua totalidade teve mais coisas más do que boas, sendo assim fica até que ponto é que esse senhor me ajudou a crescer ou a evoluir, consegui sim a partir dai perceber o que não queria, como muitos estão a pensar conta como uma experiência, mas e a evolução onde ela está?

Encontramos ainda a eterna paixão que de alguma forma não resultou, mas que nos fica sepre na memória o que podria ter surgido daí se talvez tivessemos invstido mais algum tempo.. Esse senhor recordo com alguma saudade, daquela que faz bem.. Pergunto-me se essa realção sim essa não me teria ajudado a evoluir ou então simplesmente era mais uma má história..

Fica questão as vossas relações ajudaram-vos a evoluir?

4 comentários:

*Sininho* disse...

Nunca tive uma relação longa. A busca vai sendo longa e o principe teima em não se revelar. Ainda assim, das experiências que tive, das que ouvi relatar, acho que há sempre algo que fica connosco e que nos ajuda a crescer, quanto mais não seja, como tu mesma disseste, aprendemos o que não queremos e isso ajudará a não cometer os mesmos erros com a próxima pessoa que nos arrebate o coração.
*

Samy disse...

Eu acho que isso é muito subjectivo, pois depende de relação para relação, eu por exemplo posso dizer que com o meu namoro amadureci de todas as formas possiveis, passei a ver coiss que não via antes...

Uma Dama Anónima disse...

Concordo totalmente com a *Sininho*. Mais que não seja, aprendemos a não cometer os mesmos erros numa relação futura. O problema é quando se comete o mesmo erro, vezes e vezes sem conta. Aí parece-nos que afinal não evoluímos assim tanto!

Bridge To Solace disse...

Olá!
Na minha (humilde) opinião, acho que estamos sempre a aprender, e se cometemos os mesmos erros várias vezes é porque a lição não ficou aprendida correctamente.
Infelizmente ou não, há situações que enfrentamos porque temos de enfrentar,porque tinhamos de passar por ela para dar valor à seguinte.

Beijos não são contratos e presentes não são promessas...No fim, o nosso melhor namorado/a somos nós mesmos.

DEvemos sempre amar como se nunca tivéssemos sofrido.

BTS*