quarta-feira, 3 de junho de 2009

Padrões e Crenças


Seguimos padrões e por regras que achavamos ser impostas pelos nossos pais e pela nossa familia.

Mesmo após obter a independência, reparei que continuo a seguir-me pelas regras que pensava eu que eram impostas pela minha mãe, mas o que é certo é que se eu sigo essas regras é porque eu própria concordava com elas!

Isto vai de encontro a outro tópico que eu queria abordar, as crenças.. atribuiem-se várias definições, quanto à minha, passa por aquilo em que eu acredito. Estas podem dividir-se em crenças positivas ou negativas, percebi ainda que tenho interiorizado algumas crenças que na sua essencialidade são negativas o que funciona como uma barreira para atingirmos os nossos objectivos..

Assim fica aqui o desafio, quais são as vossas crenças sendo elas positivas ou negativas!

6 comentários:

*Sininho* disse...

Eu acredito que o meu mundo é mesmo cor-de-rosa, um reino encantado! Eu acredito que é possível. Eu acredito em esperança. Acho que é uma crença que cada vez menos pessoas têm e ouvimos e vemos tantas coisas más que é difícil manter...

Verdinha disse...

acredito ou quero acreditar, que nada é impossivel :P

Patrícia disse...

Acredito em Deus, acredito na soliedariedade, na ajuda ao próximo e tenho a certeza que sou constantemente entalada pelos outros por ser assim. Lol

Sra. Muito me contas disse...

Olá Sininho, as crenças que tu tens se fazem sentido para ti, não deves descurá-las, são tuas e fazem-te a acreditar!!

Sra. Muito me contas disse...

Obrigada, verdinha, deste-me uma ideia para o próximo post..

Sra. Muito me contas disse...

Patricia são as nossas crenças que nos tornam no que somos, logo pensa és como és porque acreditas nisso.